Pastoral da Semana

RENASCIDO!

Onde vou passar a eternidade? O que vai acontecer depois que minha vida terminar? Existe alguma esperança para a humanidade? Essas são algumas questões extremamente importantes, e Deus tem resposta para elas.

Pelo Seu grande amor, Ele enviou Seu Filho Jesus ao mundo para que pudéssemos ser salvos e desfrutar de uma vida abundante aqui neste mundo e de uma vida eterna em Sua presença.

Entretanto, para que pudéssemos ser salvos, Deus precisou lidar primeiramente com nossos pecados. O pecado é a rebeldia contra Deus, portanto, cada vez que o homem opta pelo pecado está automaticamente escolhendo a separação de Deus. Isso está claramente descrito em Romanos 3.23: “Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus”.

Como é impossível que alguém consiga viver nos padrões de perfeição de Deus, precisamos desesperadamente da salvação e do novo nascimento que Jesus veio trazer.

Sim, um novo nascimento. Foi dessa forma, que Jesus explicou qual o processo da conversão a um fariseu confuso e quebrantado, chamado Nicodemos: “Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo.” (João 3.3).

Ao renascermos da água (purificação) e do espírito (santificação), somos transportados para uma nova vida que lança fora os pecados que cometemos e nos conduz por um caminho de mudanças e transformações.

O maior símbolo que representa essa verdade é o batismo nas águas. Sobre ele, o apóstolo Paulo nos ensinou: “Assim, quando fomos batizados, fomos sepultados com ele por termos morrido junto com ele. E isso para que, assim como Cristo foi ressuscitado pelo poder glorioso do Pai, assim também nós vivamos uma vida nova” (Romanos 6.4).

Quando colocamos a nossa fé em Jesus, Deus nos dá poder para nascermos de novo em nossos espíritos e nos tornarmos filhos de Deus, concebidos pela própria vontade do Pai Celestial. Aleluia!

“Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo” (2Coríntios 5.17).

Pastor Elias Manoel

Coronavirus - saiba como se prevenir